Blog

Confira as últimas notícias e novidades sobre o Colavoro

Coworking: economia colaborativa e troca de experiências


Coworking: economia colaborativa e troca de experiências

Com modelos e propostas que fogem dos sistemas tradicionais de escritórios, auditórios e salas de reunião, os espaços de coworking têm se consolidado nas grandes cidades brasileiras. Estabelecido globalmente a partir de 2015 em centros financeiros como Nova York e Londres, o conceito de economia colaborativa do coworking conquistou profissionais dos mais variados segmentos pelas oportunidades de vivenciar e construir coletivamente uma nova experiência de trabalho.

Mais do que um coletivo de salas e escritórios, o coworking é visto como um ecossistema que divide espaços e compartilha conhecimento. Também é uma alternativa economicamente ideal, pelo dinamismo de poder ocupar um espaço de acordo com as demandas profissionais, reduzindo custos. Aliás, a disseminação acelerada desse modelo se deu muito por causa disso, pois os custos de manutenção de um escritório tradicional muitas vezes vão além do aluguel de uma sala, por exemplo, e ultrapassam em muito o valor de um coworking.

Vantagens

Networking - A proposta de um espaço de coworking vai muito além do aluguel de uma estação de trabalho. O objetivo é criar um ambiente agradável, criativo, propício para geração de negócios e conexões. Permite que profissionais e empresas de diferentes segmentos troquem experiência e aprendizado. Esse networking é um grande diferencial dos ambientes compartilhados e da economia colaborativa. Ter a chance de se conectar com novos talentos e gerar novos negócios é uma oportunidade valiosa. Há coworkings que às vezes organizam eventos periódicos de convivência, oferecem lanchonetes, salas de jogos e até churrasqueiras.

Ambiente profissional - Muitos dos adeptos ao coworking são profissionais que antes adotavam o sistema home office ou trabalham em escritórios tradicionais. Ambos modelos provocam distrações que não estão no coworking, como por exemplo, preocupações com limpeza, sinal de internet, segurança. Isso tudo contribui para perder o foco no próprio trabalho. Quem opta por um coworking não precisa se preocupar com isso, porque normalmente o espaço já oferece uma solução para essas questões.

Perfis - Cada coworking tem regras e maneiras próprias de funcionar, e muitos deles estão direcionados a determinado perfil profissional. Há opções de  coworking com um ambientes mais corporativos, mais modernos, com mais ou menos estrutura, enfim, de acordo com a necessidade de cada profissional. Os benefícios são válidos tanto para startups, como para freelances ou empresas. O ideal é que o espaço atenda às necessidades e promova a interação social.

Colavoro Sanvitto – proposta diferenciada em Caxias do Sul

Um dos principais pólos metalmecânicos do Brasil e hub de ideias inovadoras em diversos segmentos, Caxias do Sul abriu as portas para espaços de coworking com ótima recepção de profissionais de várias áreas. Em  julho deste ano inaugurou na cidade o Colavoro Sanvitto, espaço de coworking estrategicamente localizado em um casarão tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal bem no centro da cidade. Com a vocação de absorver demandas dos mais variados segmentos culturais e de mercado, o espaço colaborativo vai oferecer auditório, salas de reunião e multifuncionais, espaço para exposições, restaurante, estacionamento e jardim em um ambiente integrado à história da Caxias, a chamada “casa rosa”, da família Sanvitto.

O Colavoro Sanvitto surge da ideia de garantir um destino proficiente ao prédio de significativo valor histórico construído de 1943 a 1946, na Avenida Júlio de Castilhos, entre as ruas Garibaldi e Visconde de Pelotas. Único prédio residencial de Caxias planejado pelo arquiteto Vitorino Zani (1900-1960), que projetou a turística Igreja São Pelegrino, dispõe de espaços colaborativos equipados com modernos sistemas de tecnologia, informação e segurança. No subsolo funciona o restaurante Amada Cozinha, e nos dois primeiros pavimentos, os espaços funcionais, além de área para eventos e exposições culturais. Tudo decorado de forma harmônica e receptiva.

Os trabalhos de preparo do Colavoro Sanvitto iniciaram-se há um ano. Das primeiras análises até os detalhes finais surgiram espaços sanitizados, humanizados, adaptados e adequados para a oferta de boas condições às atividades propostas. O empreendimento também contribui culturalmente com a cidade, pois tornou-se um espaço ativo, dinâmico, voltado a eventos, reuniões, exposições, oficinas e palestras, além de atividades técnicas e educativas.